Comitê Gestor da ICP-Brasil regulamenta emissão primária por videoconferência

22 de outubro de 2020Por ANCD

Foi publicada nesta quinta-feira, 22, no Diário Oficial da União – DOU, a Resolução nº 179 do Comitê Gestor da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – CG ICP-Brasil que trata dos requisitos para emissão primária por meio de videoconferência dos certificados digitais ICP-Brasil, ação que ganhou legalidade após a sensação da Lei nº 14.063, de 23 de setembro de 2020.

A Lei nº 14.063 autoriza que as Autoridades de Registro – ARs da ICP-Brasil realizem suas atribuições de forma presencial e não presencial, respeitando-se a equivalência no nível de segurança. Já a Resolução nº 179 normatizou o processo de emissão por videoconferência, que passa a ser aceito mesmo para emissão dos certificados primários, desde que seja realizada a captura biométrica.

Agora, o Documento Requisitos Mínimos para as Políticas de Certificados na ICP-Brasil (DOC-ICP-04), passa a considerar três formas de identificação dos interessados em emitir o certificado: presencial, por videoconferência ou por certificado digital (método conhecido como renovação).

A Resolução entrará em vigor em 03 de novembro de 2020.

OUR LOCATIONSWhere to find us?
https://ancd.org.br/wp-content/uploads/2020/04/ancd-baixa-branco2.png
Contato
SHN, Quadra 1, Lote A, Sala 625, Brasília/DF - 70.701-010
Redes Sociais
OUR LOCATIONSWhere to find us?
https://ancd.org.br/wp-content/uploads/2020/04/ancd-baixa-branco2.png
Contato
SHN, Quadra 1, Lote A, Sala 625, Brasília/DF - 70297-400
Redes Sociais

Desenvolvido pela ANCD.

Desenvolvido pela ANCD.