ICP-Brasil encerra 2020 com mais de 6 milhões de certificados emitidos

15 de janeiro de 2021Por ANCD

A Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil alcançou em 2020, pela primeira vez em sua história, a marca de mais de 6 milhões de certificados digitais emitidos em um único ano, foram 6.049.579 certificados emitidos em 12 meses. Para o diretor executivo da Associação Nacional de Certificação Digital – ANCD, Egon Schaden Júnior, o feito é reflexo da participação da ICP-Brasil na digitalização do país e aponta que ainda há espaço para ampliação do uso da tecnologia.

No comparativo entre os anos 2019 e 2020, o crescimento nas emissões foi de 10,09%, em todo ano de 2019 foram emitidos 5.494.732. “2020 foi um ano de grandes desafios para todos. A pandemia, que trouxe grandes perdas no campo humano, nos obrigou a digitalizar de forma célere diversos serviços, felizmente a ICP-Brasil mostrou-se preparada para o momento e conseguiu atender as novas demandas. Em 2021 a oferta de serviços digitais seguirá em alta, e a ICP-Brasil permanece sendo a melhor opção para garantia da segurança de serviços críticos e sigilosos” destacou Schaden.

Números de dezembro de 2020

Em dezembro de 2020, segundo dados do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI, a ICP-Brasil teve crescimento de 15,4% em relação ao mesmo período de 2019. Foram emitidos 478.845 certificados em dezembro de 2020, em dezembro de 2019 foram 414.855.

Os dados ainda apontam que são 9.773.040 certificados ativos, destes, 5.098.560 são de pessoa jurídica, 4.611.573 são de pessoa física e 62.914 de equipamentos. A maioria dos certificados ativos, 55,5%, tem formato A3.

OUR LOCATIONSWhere to find us?
https://ancd.org.br/wp-content/uploads/2020/04/ancd-baixa-branco2.png
Contato
SHN, Quadra 1, Lote A, Sala 625, Brasília/DF - 70.701-010
Redes Sociais
OUR LOCATIONSWhere to find us?
https://ancd.org.br/wp-content/uploads/2020/04/ancd-baixa-branco2.png
Contato
SHN, Quadra 1, Lote A, Sala 625, Brasília/DF - 70297-400
Redes Sociais

Desenvolvido pela ANCD.

Desenvolvido pela ANCD.