Certificado Digital elimina uso de papel e produz muita economia

01/12/2017

O diretor executivo da Associação Nacional de Certificação Digital, Antonio Sérgio Cangiano, participa amanhã, dia 19, da abertura da Abio-Tec, evento promovido pela Associação Brasileiras de Imprensas Oficiais, que acontece em Niterói, Rio de Janeiro. Ele fará a palestra “A Contribuição da Certificação Digital para a Desmaterialização em Papel”. Segundo ele, além de aproveitar para citar os benefícios e vantagens da certificação digital, com mais de 2 mil aplicações públicas e privadas, apresentará vários cases como forma de demonstrar a enorme economia que a infraestrutura proporciona.

Cangiano dará, entre os exemplos, o caso da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, que a partir do certificado digital reduziu de 4 para apenas um dia a formalização dos contratos e obteve economia financeira de 35%. “Outro caso importante é do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, que passou a ter 100% dos prontuários médicos assinados digitalmente e desta forma economizou 800 mil folhas de papel por mês”, destacou.

Além disso, o diretor da ANCD irá citar a economia de 68 bilhões de folhas resultantes desde a implantação da nota fiscal eletrônica, em 2006. “Será para nós um momento muito importante pela representatividade do evento e da entidade que nos convidou. Vamos falar também do nosso trabalho na ANCD, que hoje congrega as certificadoras responsáveis por mais de 90% das emissões de certificados digitais no Brasil”.


Veja a notícia original Voltar