Emissão de certificado digital cresce 9,36% neste ano

01/12/2017

Número confirma a gradual movimentação positiva da economia para a recuperação.

Nos últimos 12 meses a emissão de certificados digitais cresceu 6,40%. Segundo dados do Instituto Nacional de Tecnologia da informação (ITI), entre setembro ao ano passado e agosto deste ano foram emitidos 3,4 milhões de certificados pessoas física e jurídica. Só em 2017 essa alta é de 9,36%. “Essa evolução demonstra a consolidação de um cenário favorável à retomada gradual da economia”, avalia Antonio Sérgio Cangiano, diretor executivo da Associação Nacional de Certificação Digital (ANCD).

Esse dado divulgado, que é crescente, ratifica a previsão feita em meados de setembro pelo presidente da ANCD, Julio Cosentino, durante a realização do CertForum. De acordo com ele, a indústria da certificação deverá encerrar este ano com crescimento em torno de 10% em relação ao ano passado.

No período janeiro a agosto deste ano foram emitidos 2,4 milhões de certificados digitais, o que comparativamente representa alta de 9,36% em relação aos oito primeiros meses de 2016. “As empresas estão voltando a atuar, novos empreendimentos estão surgindo aos poucos e as pessoas físicas utilizando os benefícios da certificação digital, tudo isso justifica a procura maior por nossa infraestrutura”, diz Cangiano.

Outro ponto importante é a segurança que o certificado digital proporciona na circulação de dados pela internet. “De janeiro até agosto houve o comunicado de 263 tentativas de fraude e dessas somente 105 foram efetivamente confirmadas, número equivalente a 0,0047% dos certificados emitidos no período, ou seja, muito próximo de zero. Isso amplia a confiabilidade na nossa indústria”.


Veja a notícia original Voltar